domingo, 15 de março de 2009

Humanização do tratamento psiquiátrico

Hoje o tratamento psiquiátrico está mais humanizadas, reduziu-se o número de internações em hospitais psiquiátricos( sendo que atualmente só é internado o paciente que causa risco a si próprio ou a família, levando-se em conta a estrutura da família enquanto cuidadora), o tratamento vêm sendo feito de forma ambulatorial nos CAPS- Centro de Apoio Psicossocial, nos NAPS- Núcleos de Apoio Psicossocial e nos Hospitais Dias, sendo que o Hospital Dia da FMUSP-RP foi o pioneiro do Brasil tendo sido fundado em 1976. Esses serviço prestado pelo Hospital Dia conta com uma equipe multidisciplinar incluindo Psiquiatras, Psicólogos, Terapeutas Ocupacionais, Enfermeiros com especialização em Psiquiatria, Professores de Educação Física, Professores de Ioga, Assistentes Sociais, propiciando ao paciente uma preparação maior para se reintegrar na sociedade. O Hospital Dia funciona como uma semi-internação em que o paciente chega as 7:30 da manhã e sai as 16horas já com os medicamentos fornecidos gratuitamente para que eles tomem em casa e retornem ao serviço no dia seguinte. Há também momentos de lazer e confraternização, até mesmo pela melhora do paciente e sua alta( em cada alta é realizada uma festinha em comemoração e estímulo a melhora do paciente.É enfocado também a participação da família no tratamento realizando-se reuniões multifamíliares, comunitárias, e reunião em as famílias partilham de seus sofrimentos enquanto cuidadores. A informação também está presente na vida dos pacientes que aprendem sobre o diagnóstico e tratamento de sua patologia através do grupo de Psicoeducação( educação para a saúde mental) sabendo da importância em dar continuidade ao tratamento na pós- internação, continuando o acompanhamento de modo a se reintegrar na sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário